sábado , 24 Fevereiro 2018
Home / RMS / Camaçari / Universitários protestam contra suspensão de transporte gratuito
Universitários protestam na frente da prefeitura de Dias d'Ávila | Foto: Reprodução / Mais Região

Universitários protestam contra suspensão de transporte gratuito

Cerca de 120 estudantes universitários de Camaçari realizaram, nesta quinta-feira, 12, protesto contra a suspensão do transporte universitário gratuito oferecido pela prefeitura para estudantes de instituições públicas e privadas de Salvador e Lauro de Freitas.

A suspensão, segundo os manifestantes, prejudica 481 alunos da Universidade Federal da Bahia (Ufba), que correm o risco de serem reprovados por conta das dificuldades para a locomoção de Camaçari para Salvador.

Os estudantes iniciaram a mobilização em frente à prefeitura local e seguiram para a sede da Defensoria Pública. Munidos de cartazes e faixas, eles pedindo o retorno imediato do serviço.

Durante a manifestação, um dos estudantes foi atropelado por um veículo que passava na rua. O aluno, que não foi identificado, teve ferimentos leves. Os estudantes acusam o motorista do veículo, também não identificado, de tentativa de homicídio e prometem levar o caso à polícia.

O serviço de transporte universitário foi suspenso em 31 de dezembro de 2016, último dia da gestão do ex-prefeito Ademar Delgado, e tem previsão de voltar a operar normalmente em 6 de fevereiro, segundo informou a prefeitura, por meio de nota. Além de reclamarem do preço “salgado” dos ônibus comerciais para vir à capital (diariamente, eles têm que desembolsar R$ 22,40), os estudantes também se queixam que os horários dos coletivos são incompatíveis com as aulas.

Por sua vez, a Prefeitura de Camaçari informou que está trabalhando com agilidade para resolver o problema, “mas tudo será feito dentro da legalidade”. Prometeu, ainda, fazer um processo licitatório para a contratação de uma nova empresa para operar o serviço e disse que os estudantes estão sendo prejudicados pela suspensão do transporte ocorrida no final da gestão passada (leia mais abaixo).

Cerca de 4 mil alunos de Camaçari utilizam o serviço, que contava com 60 roteiros entre Salvador e Lauro de Freitas antes da suspensão – cerca de 12% destes estudantes são da Ufba.

Apenas alunos da Ufba e do Instituto Federal da Bahia (Ifba) estão frequentando as instituições durante este mês, pois estão com o calendário acadêmico atrasado em função de greves de professores e servidores em períodos anteriores. Com a informação do Mais Região.

Comentários com Facebook

comentários

Sobre Ipitanga

Ipitanga, rio vermelho para os índios. RMS Notícias by Lauro de Freitas. Curta!

Veja Também

Com um assaltante preso por dia, roubo a ônibus cai 38% em Jan

Com média de um assaltante de ônibus preso por dia no mês de janeiro, equipes ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *