quinta-feira , 14 dezembro 2017
Home / Esporte / Robinho é condenado a nove anos de prisão por violência sexual, diz agência
Foto: Reprodução / Twitter

Robinho é condenado a nove anos de prisão por violência sexual, diz agência

O atacante Robinho, do Atlético-MG, foi condenado a nove anos de prisão por “violência sexual em grupo” contra uma jovem albanesa, conforme anunciou a 9ª Seção do Tribunal de Milão. O caso aconteceu em 22 de janeiro de 2013, quando o jogador atuava pelo Milan. A vítima, na é poca, tinha apenas 22 anos. Segundo informações da agência de notícias “Ansa”, da Itália, e do canal italiano “Sport Mediaset”, o ato teve a participação do atleta e de mais cinco pessoas.

O jogador teria conhecido a jovem em janeiro de 2013, durante um jantar em Milão, quando estava com amigos e sua mulher. O estupro teria acontecido nessa noite. A denúncia foi feita “alguns meses mais tarde”. Em 2014, Robinho chegou a se pronunciar oficialmente sobre a acusação, chamando de “triste e mentirosa” e ameaçou processar a imprensa por publicar “informações mentirosas”. A sentença ainda cabe recurso já que saiu em primeira instância.

O Ministério Público chegou a pedir a prisão do jogador à época, mas a juíza Alessandra Simion rejeitou o pedido de custódia por achar que não havia razão para a precaução, nem risco de reincidência, fuga ou supressão de provas.

Com a informação e redação do Jornal Extra

Comentários com Facebook

comentários

Sobre Ipitanga

Ipitanga, rio vermelho para os índios. RMS Notícias by Lauro de Freitas. Curta!

Veja Também

Qualifica Bahia certifica 680 trabalhadores de Salvador e Dias D’Ávila

Uma concorrida solenidade, nesta terça-feira (12), marcou a certificação de 680 trabalhadores e trabalhadoras de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *