sexta-feira , 19 Janeiro 2018
Home / RMS / Camaçari / Quatro linhas metropolitanas fazem ponto final no Terminal Mussurunga
Integração Metrô-ônibus urmanos e metropolitanos Foto: Paula Fróes

Quatro linhas metropolitanas fazem ponto final no Terminal Mussurunga

A partir desta sexta-feira (15), o Terminal de Ônibus Metropolitano de Mussurunga passa a ser ponto final também das linhas 819I2.URB (Simões Filho), 808I.URB (Camaçari), 807.URB (Monte Gordo), 138.URB (Praia do Forte). Para a integração total dos ônibus metropolitanos, o Governo do Estado vem negociando com a Prefeitura, com o intermédio do Ministério Público, em reuniões como a que ocorreu nesta quinta-feira (14). A previsão é que no dia 26 de setembro seja assinado um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) para que a integração seja efetivada.

Fiscais da Agerba vão acompanhar os primeiros dias da alteração, e funcionários do metrô orientam os passageiros e auxiliam na integração ao longo de toda semana. Dúvidas, reclamações e elogios podem ser registrados junto a Ouvidoria da Agerba através do telefone 0800 071 0080 ou e-mail agerba.ouvidoria@agerba.ba.gov.br .

Segundo o secretário da Casa Civil, Bruno Dauster, a integração completa continua sendo discutida. “Nós já temos uma metodologia para chegar a um consenso. Vamos ter reuniões analisando todos os aspectos do TAC e técnicos ao longo da próxima semana. Caso não se chegue a um acordo para a integração dos passageiros metropolitanos, ou do corte das linhas troncais ou das linhas alimentadoras, por exemplo, vai prevalecer o que dissemos, que é licitar e fazer a integração por um sistema alternativo, o que nos é permitido pelo Contrato de Programa, apesar do nosso empenho, desde o início, em fazer a integração, em acordo com a Prefeitura”.

Morador da região metropolitana, Daniel Martins, 40 anos, faz faculdade na Avenida Paralela e agora utiliza a integração todos os dias. “O sistema melhorou muito. A gente vem até aqui na estação de ônibus, pega o metrô sem pagar outra passagem e desce em frente à faculdade. Facilitou bastante. Com o tempo e com o dinheiro que a gente economiza todos os dias dá para resolver algumas coisas”.

O rodoviário Elcio Silva afirma que o trânsito na Avenida Paralela já melhorou com o metrô em funcionamento. “Menos ônibus circulando já é melhor, agora outra coisa que beneficia são os viadutos para retorno, que tiram as sinaleiras. Com certeza o trânsito vai fluindo cada vez melhor”. Segundo o secretário da Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, a avenida Paralela vai retomando a sua vocação de Via Expressa. “A cada linha dessa são vários ônibus retirados, principalmente no horário de pico, favorecendo a mobilidade”.

Com a Secom, por Raul Rodrigues

Comentários com Facebook

comentários

Sobre Ipitanga

Ipitanga, rio vermelho para os índios. RMS Notícias by Lauro de Freitas. Curta!

Veja Também

‘Só defensor dos direitos humanos está no nosso grupo de WhatsApp’, Pastor Antonio Jorge do CDDH

Em contato com o Ipitanga o pastor Antonio Jorge, presidente do Conselho de Defesa dos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *