sexta-feira , 19 Janeiro 2018
Home / RMS / Mais 22 linhas de ônibus mudam a partir deste sábado (21) em Salvador
Metrô-estação Mussurunga Na foto: Foto: Alberto Coutinho/GOVBA

Mais 22 linhas de ônibus mudam a partir deste sábado (21) em Salvador

Mais 22 linhas de ônibus mudam a partir deste sábado (21) em Salvador; Estação Acesso Norte receberá passageiros de 16 bairros para integração com o metrô

Mais 16 bairros de Salvador vão ter linhas de ônibus alteradas a partir do próximo sábado (21). Ao todo, 22 linhas vão sofrer mudanças, segundo a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob). Esse é o segundo momento da primeira fase das alterações no itinerário dos coletivos, que nesta etapa passam a fazer integração com o metrô através da estação de transbordo Acesso Norte, na Rótula do Abacaxi.

As mudanças vão ser implantadas nos seguintes bairros: Alto do Peru, Capelinha, Faz Grande Do Retiro, Resgate, Conjunto ACM, Arraial do Retiro, Engomadeira, Mata Escura, Jardim Santo Inácio, Sussuarana, Nova Sussuarana, Novo Horizonte, Pau Miúdo, Vale do Matatu, Luís Anselmo e Stiep.

Os moradores desses bairros vão poder desembarcar no terminal Acesso Norte – onde 23 linhas já circulam desde o dia 12 – e seguir com outro ônibus ou pelo metrô, na estação de mesmo nome.

“A ideia é redesenhar as linhas, aumentar a oferta de viagens nesses bairros específicas. A reclamação dos moradores dessas comunidades é que demoram muito tempo no ponto esperando ônibus, as viagens são muito longas, e que, nos horários de pico, há superlotação nos ônibus”, explica o secretário Fábio Mota.

O Bilhete Único ou o Metropasse são as formas válidas para que o passageiro participe da integração, que é o que garante que a viagem foi realizada num período máximo de três horas.

Segunda fase
A segunda fase das mudanças de ônibus está prevista para ser implantada em novembro, com as reuniões com as comunidades que vão ser afetadas pelas mudanças.

Serão 41 linhas dos bairros Valéria, Castelo Branco, Pau da Lima, Cajazeiras (5, 7/6, 8, 10, e 11), Boca da Mata, Águas Claras, Fazenda Grande (1, 2, 3 e 4), Fazenda Garcia, Macaúbas, Saúde, IAPI, Cosme de Farias, Luiz Anselmo, Engenho Velho de Brotas, Daniel e Brotas. Nesse grupo, se leva em consideração a integração com a linha 1 do metrô.

“A gente começa a fazer reuniões com as comunidades envolvidas, debates nas prefeituras-bairros e propagandas nos meios de comunicação. Lá para o final de novembro, a gente implanta a segunda fase”, antecipa o secretário.

Segundo o titular da Semob, a expectativa é de aumentar em 50% o número de viagens nessa região. “Quem andar de ônibus vai ganhar 50% no tempo da viagem e quem pegar o metrô, 60%”, estima.

Comentários com Facebook

comentários

Sobre Ipitanga

Ipitanga, rio vermelho para os índios. RMS Notícias by Lauro de Freitas. Curta!

Veja Também

‘Só defensor dos direitos humanos está no nosso grupo de WhatsApp’, Pastor Antonio Jorge do CDDH

Em contato com o Ipitanga o pastor Antonio Jorge, presidente do Conselho de Defesa dos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *