quinta-feira , 14 dezembro 2017
Home / RMS / Camaçari / [Fotos] Estudantes e professores comemoram participação no 5º Encontro Estudantil da Rede Estadual
Foto: Ascom / Educação

[Fotos] Estudantes e professores comemoram participação no 5º Encontro Estudantil da Rede Estadual

O 5º Encontro Estudantil da Rede Estadual se encerra nesta quinta-feira (23), na Arena Fonte Nova, em Salvador, com um balanço positivo proporcionado pelo protagonismo de jovens que ocuparam o espaço com inúmeros projetos de arte/cultura (dança, teatro, cinema, canto-coral, música, artes visuais), ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo, além do envolvimento em competições esportivas de diversas modalidades. Durante três dias, cerca de quatro mil alunos de escolas estaduais, de todas as regiões da Bahia, estiveram envolvidos diretamente no evento estudantil promovido pela Secretaria da Educação do Estado.

O secretário da Educação do Estado, Walter Pinheiro, que participou ativamente do Encontro Estudantil, destacou que a iniciativa reflete a pedagogia das escolas estaduais e mostra que elas funcionam muito bem. “Este encontro tem se transformado, efetivamente, numa grande jornada pedagógica, cultural, esportiva e científica. São experiências belíssimas, que estamos chamando para dentro da escola, em um processo de utilização de maneira interdisciplinar, associando essas práticas ao que acontece na comunidade e capacitando a comunidade para vivenciar essas experiências”, afirmou. Pinheiro ressaltou ainda que todas as escolas estiveram representadas, levando em conta a importância das culminâncias territoriais e o envolvimento de estudantes, professores e gestores em todo o processo, que teve início em cada unidade escolar.

A experiência vai deixar saudades para o estudante Feliep Souza, 16 anos, vindo do município de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. O estudante do Colégio Estadual José Sá Nunes se mostrava cansado, depois de uma maratona de três dias de atividades estudantis, mas orgulhoso pela oportunidade de ter vivenciado, pela primeira vez, a experiência de participar do Encontro Estudantil.

“Já tinha passado por algo semelhante, como no Campus Party, onde apresentei o projeto Choice (jogo de cartas digitais interdisciplinar que proporciona uma ação educativa capaz de despertar nos alunos a consciência para o cuidado com a saúde), junto aos colegas Thiago Silva e Luís Borges. Mas este evento aqui trouxe uma referência diferente para mim. É uma experiência mais rica, que vai me ajudar a continuar desenvolvendo projetos do gênero, até ingressar em uma faculdade de Ciência da Computação, que é o meu objetivo depois que concluir o Ensino Médio”.

Troca de experiências

A professora de História Zeny Conceição Nunes, do Colégio Estadual Maria José de Lima da Silveira, no município de Sobradinho, na região do Vale do São Francisco, já é uma veterana no Encontro Estudantil, mas diz que a cada ano se surpreende com os projetos trazidos pelos estudantes baianos da rede estadual. “Já é o meu quarto ano no evento, e acho sempre muito proveitoso estar participando de um encontro que é um momento único de troca de experiências, de interatividade e de criação. Daqui, a gente leva na bagagem novos conhecimentos para compartilhar com os nossos alunos”, disse. A educadora acompanhava os estudantes Maurício Silva, 17, e Paulo Henrique Rocha, 12, que apresentaram o projeto ‘Vida Sustentável: energias limpas e geração de renda’ na 6ª Feira de Empreendedorismo, Ciências e Tecnologias da Bahia (Feciba).

Já a dona de casa Meire Lucia Sales esteve pela primeira vez no Encontro Estudantil e se mostrava encantada com o nível dos trabalhos expostos. “Fiquei impressionada com a quantidade de ramificações que vi na área de Matemática, que é abordada de forma lúdica e inteligente. Este conhecimento que os estudantes adquirem aqui vão levar para a vida toda”, afirmou a mãe do estudante Josué Sales, que, junto com o colega Aaron Soares, participava do Encontro.

A mãe de Aaron, a também dona de casa Marta Soares, comentou que a experiência de ter conferido o evento “foi muito gratificante, porque o conhecimento que adquirimos aqui, através dos trabalhos dos meninos, é um aprendizado que podemos levar para o nosso dia a dia”.

Foto: Ascom / Educação
Foto: Ascom / Educação
Foto: Ascom / Educação

Foto: Ascom / Educação

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

Comentários com Facebook

comentários

Sobre Ipitanga

Ipitanga, rio vermelho para os índios. RMS Notícias by Lauro de Freitas. Curta!

Veja Também

Qualifica Bahia certifica 680 trabalhadores de Salvador e Dias D’Ávila

Uma concorrida solenidade, nesta terça-feira (12), marcou a certificação de 680 trabalhadores e trabalhadoras de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *