quinta-feira , 14 dezembro 2017
Home / RMS / Dois envolvidos em latrocínio de subtenente são presos
Divulgação

Dois envolvidos em latrocínio de subtenente são presos

Os assaltantes Eduardo Santos de Araújo, o Dudu, de 37 anos, e Marcelo de Moura Fernandes, 34, envolvidos no latrocínio do subtenente da Polícia Militar Fabiano Fortuna e Silva, ocorrido no dia 28 de setembro, no estacionamento do Shopping Paralela, foram apresentados à imprensa, na manhã desta quarta-feira (29), durante coletiva no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A polícia agora está à procura de Michel da Silva Nascimento, autor do disparo que atingiu o subtenente no ombro, e Luis Eduardo Santos Ribeiro, o “Chapão”, que conduzia o veículo utilizado na ação e anunciou o assalto. Eles estão com as prisões preventivas decretadas pela Justiça.

O delegado Odair Carneiro (DHM), da Força-Tarefa que investiga crimes contra policiais, informou na coletiva que a vítima realizou um saque no valor de R$ 3,9 mil, numa agência bancária, no bairro de Sussuarana, e se dirigiu ao Shopping Paralela para realizar pagamentos, quando foi seguido pelos assaltantes.

No estacionamento do shopping o policial foi abordado pelos criminosos e tentou correr, mas Michel percebeu que ele estava armado e disparou. Ele foi socorrido para o Hospital Roberto Santos, passou por cirurgia, mas não resistiu.

PRISÕES

Marcelo, que já estava sendo procurado pela polícia por roubo e tentativa de latrocínio, foi preso no dia 30 de outubro, no Vale dos Barris, por equipes do DHPP, e confessou a participação na morte do subtenente Fortuna. Já Eduardo, foi localizado no bairro do IAPI, no dia 23, por policiais da Delegacia de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DRFRV).

O criminoso estava a bordo de um Gol, de cor branca, placa PKM 2057, utilizado no assalto. No decorrer da abordagem os policiais verificaram que a placa utilizada no carro não era compatível com o chassis, identificando que se tratava de um veículo roubado e a original era PZK 2117.

Depois da coletiva, conduzida pelo delegado Odair Carneiro (DHM), pelo major PM Barros, comandante da 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pirajá), e pelo capitão Cajado, do Batalhão de Choque, Eduardo, mentor do assalto, e Marcelo, foram encaminhados ao sistema prisional. Equipes da Cipe/Litoral Norte e a 6ª Vara Criminal também participaram da ação.

Comentários com Facebook

comentários

Sobre Ipitanga

Ipitanga, rio vermelho para os índios. RMS Notícias by Lauro de Freitas. Curta!

Veja Também

Qualifica Bahia certifica 680 trabalhadores de Salvador e Dias D’Ávila

Uma concorrida solenidade, nesta terça-feira (12), marcou a certificação de 680 trabalhadores e trabalhadoras de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *