domingo , 25 Fevereiro 2018
Home / BRASIL / Direção dos Correios promete ação de dissídio coletivo no TST
O funcionários reivindicam da empresa reajuste salarial e melhorias em benefícios, e dizem que desde julho não conseguem entrar em acordo com os patrões | Foto: Reprodução/EBC

Direção dos Correios promete ação de dissídio coletivo no TST

A greve dos funcionários dos Correios já dura nove dias. A direção da empresa promete entrar a qualquer momento com uma ação de dissídio coletivo no TST Tribunal Superior do Trabalho para tentar dar um fim no movimento.

Na terça-feira, dia 26, parte dos sindicatos ligados a FINDECT- Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios aderiu a paralisação iniciada pela outra entidade a FENTECT- Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios.

Na segunda-feira, dia 25, o TST havia determinando que 80% dos empregados em cada unidade dos Correios deveriam trabalhar. Se a decisão fosse descumprida, multa diária seria de R$ 100 mil.

Apesar de mais sindicatos terem aderido a greve, levantamento dos Correios de apontou que mais de 90 mil empregos haviam comparecido ao trabalho na quarta-feira. .
Da Agência Brasil

Comentários com Facebook

comentários

Sobre Ipitanga

Ipitanga, rio vermelho para os índios. RMS Notícias by Lauro de Freitas. Curta!

Veja Também

[Áudio] Previdência Social não é deficitária, conclui a CPI da Previdência

Previdência Social não é deficitária, conclui a CPI da Previdência. Confira o áudio do relatório ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *