quinta-feira , 14 dezembro 2017
Home / Notícias / Casal de irmãos morre em acidente ou crime de trânsito em Salvador?
Foto: Reprodução/Facebook

Casal de irmãos morre em acidente ou crime de trânsito em Salvador?

É a pergunta que a Delgada responsável pela investigação quer saber. O acidente aconteceu por volta das 8h, na avenida Oceânica, em frente ao Ondina Apart Hotel, no sentido Rio Vermelho.

Segundo informações da Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador), os dois ocupantes da motocicleta, os irmãos Emanuel e Emanuelle Gomes Dias, de 22 e 23 anos, respectivamente, bateram contra um poste e morreram na hora.

Uma veículo branco da marca KIA, modelo Sorento, também envolvido no acidente, perdeu o controle e bateu contra a grade de proteção do hotel, cerca de 10 metros a frente do local onde a motocicleta bateu.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi enviada ao local, mas os ocupantes da motocicleta já estavam mortos. Eles prestaram socorro à motorista do carro, identificada como Kátia Vargas Pereira, 45 anos, que se envolveu no acidente. Ela foi socorrida para o Hospital Aliança.
Segundo testemunhas, os dois veículos se tocaram em alta velocidade e ambos perderam o controle. A motocicleta bateu contra o poste, e Kátia, que é médica oftalmologista, invadiu o passeio e bateu contra a grade de proteção do hotel. Ainda de acordo com testemunhas, eles teriam tido uma breve discussão após a motorista do veículo ter fechado o motociclista em uma sinaleira cerca de 200 metros antes do acidente.

Já a delegada substituta da 7ª Delegacia Territorial (DT/Rio Vermelho), Acácia Nunes, disse que ainda era cedo para confirmar esta hipótese. “Ouviu-se dizer que teria havido uma discussão. A gente ainda não tem esta comprovação e está colhendo informações, depoimentos, de pessoas que poderiam ter visto o acidente”, disse. “A princípio ouvimos apenas que um estava atrás do outro. Mas essa suspeita de que teria havido uma discussão no trânsito, isso eu não posso afirmar”

A delegada Acácia também não confirma que os dois veículos estivessem em alta velocidade. “Olha, a motocicleta é um veículo onde a pessoa fica muito vulnerável. Qualquer impacto, seja na frente, seja lateral, fatalmente empurra a moto e uma queda pode ser fatal. Então não posso aqui averiguar agora que tipo de velocidade [os veículos tinham no momento do acidente]”, opinou. “Só a perícia pode dizer isso, e nós estamos aguardando o veredito”.

Com a informação do iBahia.

Comentários com Facebook

comentários

Sobre Ipitanga

Ipitanga, rio vermelho para os índios. RMS Notícias by Lauro de Freitas. Curta!

Veja Também

Operação da PRF prende líder do tráfico do Subúrbio com pistola e moto roubada na BR 324

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou entre a noite de ontem (09) e manhã de ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *