sexta-feira , 19 Janeiro 2018
Home / RMS / Candeias / Candeias: Desfile cívico da Independência do Brasil trará novidades
Candeias: Desfile cívico da Independência do Brasil trará novidades

Candeias: Desfile cívico da Independência do Brasil trará novidades

A prefeitura de Candeias realizará neste 7 de Setembro, um dos maiores desfiles já organizados na história do município, na Praça Doutor Gualberto, com muitas novidades para o público presente. Para celebrar a Data Magna, este ano a Prefeitura, através da Secretaria de Educação, em parceria com as escolas municipais, Colégios Estaduais, e privada, promoverá, as comemorações alusivas à independência com o tema, “Brasil: Cores, Etnias e Saberes”.

O Desfile Oficial terá um novo trajeto diferenciando-se de anos anteriores, para permitir uma maior participação popular. A programação contará com o Hasteamento da Bandeira Nacional às 08h na Praça Dr. Gualberto Dantas Fontes, a Revista em Tropa às 08:20h no Largo da Esperança, e o início do Desfile será às 08:30h seguindo em direção a Rua Dos Missionários, 15 de Novembro, 7 de Setembro, Praça Tiradentes, Praça Dr. Gualberto e Rua 13 de Maio.

A Independência Brasil que é comemorado no dia 7 de Setembro é sem duvida a data cívica mais importante do País e o desfile contará com a participação de instituições, como Bombeiros, Polícia Militar, Fanfarras, Associações, Representações Religiosas, Bandas Marciais, Desfile dos Idosos do Centro de Convivência, Defesa Civil, dentre outros grupos culturais e socais. Uma inovação da Prefeitura para o desfile deste ano, diz respeito à comodidade e o conforto para crianças e idosos, com uma arquibancada preferencialmente para estes dois grupos, que poderão apreciar as homenagens cívicas de forma mais segura e tranquila.

Nesta quarta feira, a prefeitura também realizará no Distrito de Passé, um desfile cívico, também em alusão as comemorações do 7 de Setembro, com a participação das escolas do distrito, na Praça de Roça Grande.

História:

A Parada Oficial do Sete de Setembro é uma alusão ao Dia da Independência do Brasil ocorrido em 07 de setembro de 1822. Na época, eram realizadas comemorações oficiais, como: uma grande parada das Forças Armadas (Exército, milícias e, depois de 1831, Guarda Nacional); um Te Deum (ofício religioso de ação de graças) na capela imperial; um cortejo e beija-mão no Paço da cidade. À noite, os habitantes costumavam iluminar as janelas das suas casas com velas ou lâmpadas de azeite, enquanto o imperador e boa parte da sociedade assistia a um espetáculo de gala em um dos teatros da cidade.

O espetáculo sempre começava logo após a chegada do imperador e da imperatriz, saudados pela orquestra ou a companhia que tocava ou cantava o Hino da Independência ou o Hino Nacional, que tinha uma letra diferente da atual. Durante a parada e no início do espetáculo, dava-se vivas à Independência e ao monarca e, no teatro, poetas liam sonetos e outros versos comemorativos do dia durante os intervalos. Mostrando assim, o poder do Estado. Hoje, em todo o Brasil é realizados desfiles cívicos exaltando a Nação Brasileira e sua História do Dia da Independência como forma de comemorar as conquistas e lutas do país.

Comentários com Facebook

comentários

Sobre Ipitanga

Ipitanga, rio vermelho para os índios. RMS Notícias by Lauro de Freitas. Curta!

Veja Também

[PodCast] Vivemos 2017 e meditação do Ho’oponopono da prosperidade em 2018

‘Bom Dia Ipitanga’: Vivemos 2017! Vencemos! Curta a meditação do Ho’oponopono da prosperidade em 2018 ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *